Guarda Civil Municipal dá dicas de segurança para antes, durante e depois do São de Petrolina

(Foto: ASCOM)

O São João de Petrolina começa nesta sexta-feira (15) e, assim como ocorreu no ano passado, a expectativa dos organizadores da festa é de mais um ano de paz, tranquilidade e muito forró. Por isso, a Guarda Civil Municipal (GCM) orienta à população sobre como agir antes, durante e depois dos festejos. A ideia é que cada um dos participantes do evento possa contribuir com as forças de segurança que vão trabalhar durante as nove noites de festa.

Antes da festa

Ao sair de casa, verifique se as portas e janelas estão devidamente trancadas; evite deixar eletrodomésticos ligados rede elétrica, salvo aqueles essenciais como geladeira.

Além disso, solicite a um vizinho que possa estar atento a qualquer movimentação suspeita nos arredores e acione as forças de segurança em caso de necessidade. Para chegar à festa, evite andar sozinho, principalmente, em locais com pouca iluminação e pouco movimento de pessoas.

Durante o evento

Evite conduzir grandes quantidades de dinheiro, objetos valiosos, cartões de crédito e similares. Isso chama a atenção de pessoas má intencionadas. Só estacione seu veículo em locais devidamente credenciados e verifique se está trancado antes de deixar o estacionamento.

Caso leve crianças, identifique-as com crachá ou pulseira com nome, endereço nome dos pais e telefone de contato. Não leve documentos de identificação originais, salvo a Carteira Nacional de Habilitação. Prefira cópias autenticadas já que em caso de perda os transtornos são menores. Não aceite bebidas de pessoas que você não conhece.

Após a festa

Na saída, atenção às pessoas que estejam ao seu redor. Evite aglomerações e em caso de tumulto se afaste imediatamente e procure o agente de segurança mais próximo. Cuidado com pessoas embriagadas. Se estiver na companhia de uma, dê todo o suporte possível e acione um agente de saúde em caso de necessidade.

Em caso de necessidade, não hesite em acionar um agente de segurança, que pode ser alguém da segurança privada, um policial civil, militar ou rodoviário federal, além de um guarda civil municipal. Lembrando que o telefone da Central de Operações da Guarda Civil Municipal de Petrolina é o 153.

Deixe uma resposta