Hemope descentraliza serviços de hematologia e a UPAE de Petrolina será referência para a região

 

A UPAE de Petrolina é eleita como unidade de saúde de referência para o tratamento das doenças benignas do sangue

A UPAE de Petrolina é eleita como unidade de saúde de referência para o tratamento das doenças benignas do sangue

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) iniciará o processo de descentralização dos seus serviços no estado, começando pelo município de Petrolina. Dentro dessa escolha, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE) é eleita como unidade de saúde de referência para o tratamento das doenças benignas do sangue. A pactuação foi firmada nesta terça-feira (19) pela presidente do Hemope, Yêda Albuquerque, e a diretora geral da UPAE, Magnilde Alves.

De acordo com a presidente, a escolha de Petrolina se deu por conta da localização estratégica (oposta à capital do estado) e pelo município ser polo de desenvolvimento, inclusive em saúde. “A gente está buscando cumprir a determinação do Sistema Único de Saúde [SUS], através da oferta ao paciente de um tratamento mais próximo da sua casa. Para isso, temos o privilégio de ter um hematologista na UPAE, que é uma das especialidades médicas mais escassas do mundo”, considera Yêda.

O novo serviço deverá começar logo. “Nós já estamos preparados para receber essa demanda porque já dispomos do hematologista, dos exames de imagem e laboratório, além da equipe multiprofissional e não médica, que esse paciente porventura possa necessitar. Temos inclusive uma agenda aberta, que vem sendo subutilizada. Vamos aguardar apenas as orientações, pois esses pacientes ingressarão na UPAE via marcação da Geres. É importante ressaltar que esse acompanhamento será para os pacientes com doenças benignas do sangue, os oncológicos serão encaminhados à APAMI”, adianta a coordenadora geral da UPAE.

Ainda esta semana, a equipe do Hemope – que conta com a diretora de hematologia, Fábia Araújo, e a diretora de hemoterapia, Anna Fausta Cavalcante – visitará o Hospital Dom Malan, Hospital Universitário, Hospital Geral e Urgência e Hospital Memorial; além da Secretaria Municipal de Saúde e 8ª Gerência Regional de Saúde.

Campanha

Aliada a essa descentralização, o setor de hemoterapia da Fundação Hemope realizará campanhas para captação de doadores de sangue e medula óssea. “Esse trabalho de sensibilização será feito pelas assistentes sociais da UPAE em parceria com o Hemope, Geres e demais unidades de saúde que serão envolvidas no processo. O objetivo é aumentar o número de doadores aqui também na região”, conclui Yêda.

Deixe uma resposta