Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Homenagem a Sérgio Moro é novamente retirada de pauta, mas Ronaldo Silva afirma que Câmara não negará Titulo de Cidadão Petrolinense a Juiz Federal

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A homenagem do vereador Ronaldo Silva ao juiz federal responsável pela Operação Lava Jato, Sergio Moro foi novamente retirado de pauta na Câmara de Vereadores de Petrolina. Segundo o autor do projeto, a matéria não entrou em discussão devido a participação da secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

O projeto foi retirado de pauta hoje pela segunda vez, a primeira vez a pedido meu mesmo porque eu pedi, naquele momento não tinha quorum suficiente pro projeto entrar em pauta e ficou para hoje, mas a secretária de Saúde veio prestar as contas do quadrimestre e como ela vai tomar o espaço todo, os vereadores me pediram para retirar o projeto. Mas na próxima quinta-feira com é em Deus esse projeto deve entrar, porque é importante não só pra mim, mas pra todo Brasil. Nós estamos dando um Título de Cidadão a um juiz que está fazendo revolução colocando os corruptos na cadeia”, disse o vereador.

Sem medo de críticas

Questionado sobre a repercussão juntamente aos seguidores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado por Moro na Lava-Jato, Ronaldo Silva afirmou que é contra a corrupção.

As críticas sempre vêm, que é a favor da corrupção e de corrupto, que continue sendo a favor. Eu sou contra. Não só Lula, como Aécio e outros políticos que estejam envolvidos na corrupção que paguem. Eu tenho certeza de que a Casa Plínio Amorim não vai negar uma honraria tão importante para um homem que é reconhecido no mundo inteiro“, continua.

Vereador critica “cegueira” de aliados a Lula

Ronaldo Silva também rebateu as afirmações dos petistas de que Lula foi condenado por uma decisão política e negou ter perseguição política com o ex-presidente. “Ele foi condenado na 1ª instância e depois na 2ª instância. Como é que a pessoa é inocente com tanto processo contra ele. O cego é aquele que enxerga e não quer enxergar. A Justiça está sendo feita no nosso país“.

 

Deixe uma resposta