Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Hospital Universitário de Petrolina adquire equipamento moderno para exame de tomografia no valor de mais de R$ 1 milhão de reais

(Foto: ASCOM)

O Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf), em Petrolina (PE), adquiriu recentemente, através do Setor de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT), mais um tomógrafo, no valor de R$ 1 milhão e 270 mil reais. Os recursos foram liberados através do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF)

O HU-Univasf já possui um dos mais modernos aparelhos da região, com uma média de produção de 1.200 exames de imagem por mês. Com a chegada do novo aparelho, a expectativa é diminuir o tempo de espera dos pacientes para a realização das tomografias. O setor ainda aguarda a chegada de mais um ultrassom para potencializar a assistência.

“As aquisições de equipamentos realizadas pelo HU têm ocorrido de forma planejada, os quais são solicitados pelos colaboradores de cada setor. Temos trabalhado no enfretamento de muitos desafios, como a ampliação do quadro de pessoal, que atualmente se apresenta como nosso maior empecilho para ofertarmos mais serviços à população. O HU-Univasf é público e efetivo, pois, mesmo dispondo de poucos leitos de internação, tem restabelecido a saúde de muitos cidadãos, devido ao profissionalismo e dedicação de seus trabalhadores”, afirmou o superintendente do hospital, Ronald Mendes.

Ao longo dos últimos três anos, o Hospital Universitário vem renovando e ampliando o seu parque tecnológico e executando melhorias na infraestrutura física. Os investimentos têm por objetivo oferecer um atendimento de maior qualidade à população.

O processo de modernização do aparato tecnológico começou no ano de 2015, com a compra de equipamentos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e para o centro cirúrgico. Posteriormente, também foram sendo adquiridos mais instrumentos de suporte à vida para a sala de emergência, entre outros aparelhos para diversos setores da unidade hospitalar.

Deixe uma resposta