Humberto enquadra Bezerra Coelho, ex-ministro de Dilma que fez da transposição vitrine de campanha

 Humberto lembrou que o socialista foi ministro da Integração Nacional, “o homem que tocou à frente o projeto mais caro e mais importante deste governo”, a transposição do Rio São Francisco/Foto:arquivo

Humberto lembrou que o socialista foi ministro da Integração Nacional, “o homem que tocou à frente o projeto mais caro e mais importante deste governo”, a transposição do Rio São Francisco/Foto:arquivo

Em um discurso duro e emocionado, o senador Humberto Costa (PT), líder do governo no Senado, dirigiu-se diretamente ao senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) ao defender a presidente Dilma Rousseff (PT) na Comissão Especial do Impeachment. Humberto lembrou que o socialista foi ministro da Integração Nacional, “o homem que tocou à frente o projeto mais caro e mais importante deste governo”, a transposição do Rio São Francisco. “Na sua campanha isso foi a maior vitrine”, afirmou.

“Eu pergunto a Vossa Excelência e a todos os ex-ministros aqui: alguma vez essa senhora pediu a Vossas Excelências que cometessem algum crime, que praticassem alguma improbidade, que roubassem o dinheiro público? Não! E todos eles terão que responder assim”, disse Humberto.

Ele continuou, dizendo que mesmo assim o Senado iria condenar uma mulher “decente, honesta e proba” por “um aspecto formal”, para “tomar o poder pelo atalho”. E soletra: “G-O-L-P-E. Golpe!”

RESPOSTA E RISADAS

O senador Fernando Bezerra Coelho tentou responder a Humberto, na sessão, invocando o artigo 14 do regimento interno do Senado. Porém o presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), disse que isso não seria possível.

“Vossa Excelência foi citado de forma positiva, então não tem direito ao artigo 14”, disse Raimundo Lira.

Todos os senadores caíram na risada.

Com informações da Coluna Pinga Fogo/Jornal do Commércio

Deixe uma resposta