Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Instituições discutem soluções para Lagoa do Jatobá

(Foto: ASCOM)

Representantes da Prefeitura de Petrolina, do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Compesa e Codevasf se reuniram nessa segunda-feira (12), para discutir a situação do esgoto despejado sem tratamento na Lagoa do Jatobá.

No domingo (11) foi publicada uma matéria no nosso Blog, mostrando os problemas causados pela falta de saneamento e pelo esgoto despejado pelos condomínios na via pública. Esse foi um dos temas tratados na reunião. A promotora de justiça Rosane Moreira Cavalcanti ouviu dos representantes dos condomínios relatos dos transtornos causados pela falta de saneamento nos bairros.

LEIA TAMBÉM:

Falta de saneamento tira sossego de moradores da Zona Leste

Compesa e Codevasf se comprometem em executar obras

Segundo a Compesa, já existe um projeto para a construção de uma estação elevatória e da rede de saneamento do Jatobá e do Fernando Idalino Bezerra. Essas obras vão captar todo o esgoto da zona leste, levando o esgoto para o sistema de tratamento. Tanto a Compesa quanto a Codevasf alegam esperar a liberação de recursos para a realização de obras nos bairros citados.

Desde 2013 existe um lei obrigando os condomínios a ligarem suas redes de esgoto ao sistema da Compesa. Na reunião ficou definido que a Compesa vai elaborar um estudo sobre o valor e o planejamento da obra da estação elevatória, para ser apresentado no próximo dia 26.

Deixe uma resposta