Investigado por lavagem de dinheiro, prefeito de Camaragibe é preso

Além de Meira, mais quatro pessoas foram presas (Foto: Reprodução/WhatsApp)

A Polícia Civil prendeu na manhã dessa quinta-feira (20) o prefeito da cidade de Camaragibe, no Grande Recife. Demóstenes Meira ficou conhecido nacionalmente por pedir a presença de cargos comissionados em um show de sua noiva.

A prisão de Meira se deu na Operação Harpalo II. As investigações tiveram início em 2018 e miram práticas de organização criminosa, fraude em licitação, corrupção e lavagem de dinheiro. Meira está afastado das funções relativas do seu cargo.

Além do prefeito, outros quatro mandados de prisão preventiva foram cumpridos: Severino Ramos da Silva, empresário; Luciana Maria da Silva, esposa de Severino; Carlos Augusto, empresário e Joelma Soares, esposa de Carlos. Quarenta policias civis participam da operação.

Deixe uma resposta