Janeiro Branco: UPAE/IMIP aderem a campanha de prevenção

(Cartaz Divulgação)

Partindo do simbolismo de renovação que traz a chegada do ano novo, nasce a campanha “Janeiro Branco”, com o objetivo de fazer a sociedade parar para refletir sobre assuntos relacionados ao universo de emoções e sentimento. Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina, declarou apoio a campanha.

Em outra perspectiva, a campanha propõe dar uma página em branco a todas as pessoas, para que juntas possam pintar novas histórias de uma vida mais feliz e saudável para si mesmas. A proposta do “Janeiro Branco” cresceu e começou a ser trabalhada em todo o país por diversos profissionais (não só da área de saúde) e instituições (públicas e privadas), como é o caso da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP).

“Nós já fizemos um momento multiprofissional com o serviço de fisioterapia e na próxima quinzena realizaremos uma palestra para o público interno. O nosso trabalho educativo dura todo o ano, mas em janeiro e setembro nós intensificamos por conta das campanhas de saúde mental e combate ao suicídio”, afirma a psicóloga Tatiany Torres.

A Organização Mundial de Saúde alerta que as taxas de suicídio, depressão e ansiedade aumentaram muito em todo o mundo e por isso o tema deve ser tratado com seriedade, ocupando todos os espaços possíveis.

“Se não começarmos a falar abertamente sobre os transtornos mentais e doenças da psique essas questões vão sempre ficar ocultas e invisíveis. É preciso quebrar o tabu, desmistificar esses conteúdos e democratizar as discussões, incentivando a valorização do equilíbrio mental e da existência humana. Estamos trazendo essa reflexão para a UPAE e está na nossa programação promover um momento de discussão com os usuários da Unidade”, adianta a profissional.

Deixe uma resposta