João Campos reforça palanques municipais do PSB

oie_2611227WGvuU0Tb

João Campos ao lado do prefeito Gino Albanez e do governador Paulo Câmara na convenção de São Lourenço da Mata Foto: divulgação

Tido como um trunfo político do PSB, o jovem João Campos, filho homem mais velho do ex-governador Eduardo Campos, tem turbinado os palanques de prefeituráveis socialistas já durante a fase de convenções partidárias. No último domingo (24), o herdeiro político do ex-governador Eduardo Campos percorreu três cidades: São Lourenço da Mata, Vitória de Santo Antão e Lajedo. Ao mesmo tempo que ajuda as candidaturas municipais, ele vai ganhando fôlego para disputar o cargo de deputado federal em 2018.

Durante o período de convenções, os principais integrantes da Executiva estadual do PSB têm se dividido para prestigiar o maior número de pré-candidatos. Secretário de Organização da sigla, João, porém, tem sido um dos mais requisitados, muito pelo prestígio do sobrenome.

“Todo mundo quer ele no palanque. Não só por ser filho de Eduardo, mas por causa da competência e da juventude dele. Apesar de jovem, ele é muito centrado”, elogia o prefeito Gino Albanez (PSB), de São Lourenço. Na cidade, ele discursou, tirou várias fotos e prometeu voltar. “Ele ficou de comparecer durante a campanha. E a tendência é que nós sigamos apoiando ele em 2018 para deputado federal”, conta Gino.

Em Vitória, onde o governador Paulo Câmara (PSB) não esteve, João Campos foi o principal destaque da convenção do deputado estadual Aglailson Júnior, líder do PSB na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). “Tinha muita ligação com Eduardo e conheço João há muitos anos. Ele disse que tinha gratidão pelo apoio da minha família e que vai vir toda vez que eu convidar para ‘gastar sola’ nas ruas fazendo campanha”, explica o deputado, que pretende chamar o jovem para um comício grande e uma carreata. “Se João for candidato a federal, eu vou votar nele”, garante.

Para Adilson Gomes, secretário-geral do PSB, os palanques que contarem com a presença de João Campos serão reforçados, inclusive pela referência a Eduardo e ao ex-governador Miguel Arraes. “Existe essa motivação. A presença dele dá ânimo aos nossos militantes”, afirma. “Tem uma candidata aqui na minha frente agora pedindo que ele venha durante a campanha”, revela.

No próximo fim de semana, a única convenção cuja presença do jovem está confirmada é a do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Mas João deve participar de outros atos do PSB. O tio dele, o advogado Antônio Campos, será oficializado como candidato em Olinda.

Com informações do NE10

Deixe uma resposta