Jovem estudante de Juazeiro (BA) é premiado na 11ª OBMEP

(Foto: Internet)

Matemática é a disciplina que Daniel menos gosta. (Foto: Internet)

O estudante Daniel Marlon Silva tem 12 anos e, como toda criança, muitos sonhos. Entre eles há um que prevalece: o de ser médico.  Para realizá-lo, o aluno do 7º ano sabe que precisa se dedicar aos estudos. Foi por gostar de estudar que Daniel recebeu uma Menção Honrosa da 11ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). A competição aconteceu em 2015, mas só este ano ele recebeu o resultado.

Pode parecer mentira, mas matemática é a disciplina que Daniel menos gosta. Segundo Isabel Cristina de Carvalho, a gestora da Escola Municipal Professora Dinorah Albenaz Melo da Silva, localizada em Juazeiro (BA), é unânime entre os professores a opinião de que esse estudante tem extrema facilidade em aprender. “Ele tem destaque em todas as áreas de conhecimento. É um menino esforçado que enche nossos olhos enquanto educadores”, relata. 

Para Isabel Cristina, a mãe do garoto, Danúzia Raimunda, também teve um papel fundamental nessa conquista. “Ela está aqui na escola todos os dias o acompanhando. Acredito que é muito importante família e escola caminharem juntos. Quando isso acontece é grande a probabilidade de que o nosso aluno consiga melhores espaços e profissões no futuro”, afirma.

Danúzia é dona de casa. Ela conta que a premiação não só foi motivo de orgulho para ela, como também um incentivo para que Daniel continuasse dedicado aos estudos. “Dou muita força e estou sempre junto, ele tem as mãos muito suaves e acho que dá pra ser médico. Lá na frente ele vai falar: minha mãe me deu força, me incentivou a estudar”, diz emocionada.

Daniel, entretanto, já reconhece desde agora que sua mãe é a pessoa que lhe inspira. “Ela diz que tenho que ser uma pessoa boa na vida, ter uma boa profissão e independência”, conta o garoto que se prepara para a 12ª OBMEP.

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas tem quatro premiações: Ouro, Prata, Bronze e Menção Honrosa. No ano passado, aproximadamente 18 milhões de estudantes da rede pública de ensino do Brasil participaram da competição. Entre eles, 500 ficaram em primeiro lugar, 1500 atingiram a segunda colocação, 4501 foram os terceiros colocados e 42283 os quartos. No estado da Bahia, os números são: 16, 32, 97 e 1194, respectivamente.

Este ano, as provas da 1ª fase da OBMEP foram realizadas em junho. A segunda fase será no dia 10 de setembro.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta