Jovem vítima de Covid 19 em Petrolina foi enterrado fora de cemitério em Santa Maria, prefeitura emite nota esclarecendo o fato

Repercutiu muito na região o fato do corpo do jovem Sebastião Pereira, de 27 anos, que morreu de Coronavírus na última segunda-feira (4), em Petrolina, ter sido enterrado fora do cemitério na cidade de Santa Maria da Boa Vista.

De acordo com a família do rapaz, o corpo foi enterrado na segunda-feira (04), por volta das 23 horas, em uma cova no lado de fora do cemitério, sem a presença da família.

A esposa do jovem, Damiana Pereira, cobrou esclarecimentos da Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista sobre o enterro do marido. “Quando a família chegou no cemitério de Santa Maria da Boa Vista, as cinco pessoas que poderiam entrar, não entraram, ficaram do lado de fora, longe, às 23h da noite. Disseram que enterrar meu marido ao lado, em um lugar reservado e limpo, e adequado para os Covid-19, que já estava preparado, só que não era nada disso. No outro dia, vimos pelas redes sociais que meu marido foi enterrado fora do cemitério, ao lado do muro do cemitério com entulho de madeira e mato, muito mato, perto da sepultura do meu marido. Eu pergunto o por quê? Meu marido não era um indigente para estar junto com lixo”, relatou.

Em nota, emitida nesta quarta-feira (6), a Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista confirma o ocorrido e esclarece que o espaço foi escolhido por motivos de segurança sanitária, longe de lençóis freáticos e também de fácil acesso para a população poder visitar seu ente querido.

Confira a íntegra da nora:

Diante da grande repercussão gerada após o sepultamento de um jovem de 27 anos, ocorrido na última segunda-feira dia 04 de maio, em nosso município, a Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista, vem a público primeiramente se solidarizar a todos os familiares por todo o sofrimento causado após essa perda repentina e irreparável.

Sobre o sepultamento do referido jovem ter acontecido no anexo ao cemitério, esclarecemos que há poucos estudos relacionados a este Novo Coronavírus em relação ao tempo de sobrevivência do vírus no ambiente e a cadeia de transmissão para futuras contaminações a população. O espaço foi escolhido por motivos de segurança sanitária, longe de lençóis freáticos e também de fácil acesso para a população poder visitar seu ente querido.

Em relação ao enterro, foi realizado a noite após às 22 horas, pois foi o horário que o corpo chegou no município e é preconizado que seja realizado de maneira rápida para evitar contaminação dos familiares e pessoas envolvidas no funeral, seguindo todas as recomendações e medidas estabelecidas pela ANVISA que seguem para todas as possíveis vítimas do novo coronavírus que precisem ser sepultadas.

É importante destacar que o local ainda passa por processo de construção e inclusive será transformado posteriormente em um memorial para as vítimas dessa pandemia.

Ressaltamos que o espaço está sendo tratado com todo o respeito tanta à vítima que veio a óbito, quanto aos familiares que sofrem pela perda do seu ente querido e por toda essa situação que precisaram enfrentar.

A prefeitura de Santa Maria da Boa Vista pede a compreensão da família e reafirma o seu compromisso com transparência, prezando sempre pela responsabilidade e ética ao tratar de um assunto tão delicado como o ocorrido.

Deus abençoe a todos.

Um Comentário

  • Rafael Torres

    7 de maio de 2020 at 07:42

    Uma vergonha Prefeito. Essa desculpa do lençol freático é ridícula. Qual a diferença de um enterro dentro e fora do muro do cemitério para os lençóis freáticos? Se há esse problema, já vi que o cemitério está construindo em um local errado.

    Responder

Deixe uma resposta