Juazeiro e Petrolina se mobilizam em defesa do Velho Chico

A ideia é chamar a atenção de todos para os graves problemas enfrentados pelo rio e sua bacia e para a necessária e urgente revitalização/Foto:internet

A ideia é chamar a atenção de todos para os graves problemas enfrentados pelo rio e sua bacia e para a necessária e urgente revitalização/Foto:internet

Pelo terceiro ano consecutivo, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco realizará uma intensa mobilização em prol do rio mais importante para a integração do território brasileiro. É a campanha “Eu Viro Carranca para Defender o Velho Chico”, que acontece em torno do Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco, comemorado em 3 de junho. Tendo a carranca como ícone, a movimentação do dia terá como ponto alto uma barqueata, a partir das 9h, nas águas são-franciscanas que unem as cidades de Juazeiro(BA) e Petrolina(PE).

Estudantes das escolhas públicas municipais participarão do ato, além de ativistas, pescadores e comunidades tradicionais. A programação inclui ainda o Simpósio da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, que acontecerá de 5 a 9 de junho também nas duas cidades ribeirinhas.

Mais uma vez, o CBHSF investirá recursos oriundos da cobrança pelo uso das águas do rio em uma grande campanha de comunicação e mobilização social, utilizando fortemente a internet e os recursos digitais. A idéia é chamar a atenção de todos – moradores, ativistas, gestores públicos, autoridades políticas, artistas e educadores – para os graves problemas enfrentados pelo rio e sua bacia e para a necessária e urgente revitalização, a fim de que o Velho Chico continue alimentando a vida e a esperança dos 15,5 milhões de brasileiros que dependem direta ou indiretamente de suas águas.

Simpósio – O I Simpósio da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – I SBHSF terá como objetivo a construção da integração nacional do conhecimento científico em torno do rio e sua bacia. Realizado pelo Fórum de Pesquisadores de Instituições de Ensino Superior da Bacia do São Francisco, juntamente com o CBHSF, o evento ocupará as dependências da Universidade Federal do Vale do São Francisco, nos campi Juazeiro e Petrolina. A programação congregará cinco eixos temáticos: governança, qualidade da água, quantidade da água, recuperação ambiental e dimensão social na expectativa de estabelecer o estado atual do conhecimento sobre esse rio de extrema importância nacional. As inscrições podem ser realizadas no endereço: sbhsf.com.br

Revitalização – Para o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, Anivaldo Miranda, a campanha em defesa do Velho Chico é uma responsabilidade do colegiado, distribuída por toda a sociedade. “Além de, ao longo do ano, contribuir efetivamente para a revitalização do rio com as intervenções ambientais nas diversas cidades da bacia e de provocar discussões fundamentais nas diversas esferas de poder e decisão, o Comitê quer provocar toda a sociedade para a defesa desse bem comum. Desta vez, com a contribuição fundamental do campo científico. O resultado da campanha, nos últimos dois anos, tem sido muito positivo, com um engajamento acima das expectativas. Esperamos que este ano não seja diferente, pois ‘virar carranca’ para defender o rio toca na identidade do povo são-franciscano”, destaca. Acompanhe toda a campanha no site: virecarranca.com.br.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco é um órgão colegiado, integrado pelo poder público, sociedade civil e empresas usuárias de água, que tem por finalidade realizar a gestão descentralizada e participativa dos recursos hídricos da bacia, na perspectiva de proteger os seus mananciais e contribuir para o seu desenvolvimento sustentável. Para tanto, o governo federal lhe conferiu atribuições normativas, deliberativas e consultivas. Saiba mais em: www.cbhsaofrancisco.org.br

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta