Juazeiro: SAMU se nega a encaminhar paciente a hospital e senhor morre, segundo denúncia

SAMU negou atendimento sob a justificativa de que o senhor estaria sem acompanhante.

Nessa quinta-feira (22), um senhor, identificado como José Raimundo Neves, de 59 anos, foi encontrado sem vida por familiares no bairro Piranga, em Juazeiro (BA). De acordo com o filho da vítima, Diego Neves, seu pai veio a óbito após passar mal na quarta-feira (21) e ter atendimento negado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do município.

“Meu pai passou mal e a SAMU foi acionada. Eles chegaram a ir à casa dele e falaram que não iriam levá-lo ao hospital porque não tinha acompanhante. Trataram ele como um animal. Independentemente de ter ou não acompanhante, era obrigação deles prestarem os primeiros socorros. Se tivesse levado, acho que meu pai estaria vivo”, disse.

Diego criticou ainda o prefeito de Juazeiro Paulo Bonfim e a saúde do município. “Isso é um descaso. Não é a primeira vez que isso acontece dentro da saúde de Juazeiro com pessoas que dependem do SUS, do SAMU, que não tem transporte. O prefeito não está nem aí para a população. Ele tem plano de saúde”.

“O prefeito diz que a saúde está boa, mas quem não tem plano de saúde morre à míngua. Queremos resposta da prefeitura sobre o caos da saúde. Queremos solução para esses problemas. A tendência é a cidade se afundar ainda mais com esse prefeito”, afirmou Diego.

Nosso blog entrou em contato com a prefeitura e aguarda resposta para esclarecimentos sobre o caso.

Deixe uma resposta