Juazeiro sediou Seminário Interterritorial de Educação do Campo

(Foto: ASCOM)

(Foto: ASCOM)

Nesta quinta-feira, 18, Juazeiro foi sede do Seminário Interterritorial de Educação do Campo no Semiárido/SIECS, que reuniu entidades ligadas aos movimentos dos trabalhadores do campo, dentre as quais, o IRPAA e o MST. O evento aconteceu no auditório do IFBA em Juazeiro e mobilizou gestores públicos, organizações sociais, instituições de ensino e pesquisa.

O vereador Agnaldo Meira (PC do B) representou o prefeito Isaac Carvalho e o vereador Tiano Félix (PT) representou o Poder Legislativo municipal. O cantor e compositor Nilton Freitas fez a abertura do Seminário, que contou ainda com apresentações de teatro e recital de poesia.

Após a composição da mesa com os convidados aconteceu um debate-prosa sob o tema “Análise da Conjuntura: Estratégia e Tática para o Campo Brasileiro”, que teve como mediador Almerico Biond (UFRB) e participações de Roberto Malvezi (CPT), da professora Nalva Araújo (UNEB) e de João Pedro Stedile (MST/Frente Brasil Popular).

De acordo com Felipe Sena, um dos coordenadores do seminário, o evento “surgiu da necessidade da mobilização dos territórios em defesa da educação pública e de qualidade, em especial com a educação do campo e uma educação contextualizada”.

O vereador Agnaldo Meira deu as boas vindas aos participantes e lembrou as conquistas para a população obtidas durante o governo Isaac Carvalho. “A educação do município nunca teve tantos investimentos como aconteceu nos últimos oito anos. Entre a sede e o interior foram reformadas, ampliadas e climatizadas 95 escolas, construídos e reformados postos de saúde nos distritos e mais de 200 poços perfurados em comunidades rurais, além de construção de quadras poliesportivas para os jovens do interior. Em nome do prefeito Isaac, quero parabenizar os organizadores do SIECS e dar as boas vindas a todos os participantes”, concluiu.

A programação segue nesta sexta e também no sábado, dias 18 e 19, com debates, círculos de conversas e grupos de diálogos com abordagem de diversos temas ligados à educação, ao trabalho e à terra para a população do campo.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta