Juíza autoriza transferência de Temer para Comando de Choque da PM em São Paulo

(Foto: Internet)

A Justiça autorizou na tarde desta segunda-feira (13) a transferência do ex-presidente Michel Temer, preso desde a última quinta-feira (9) na sede da Polícia Federal de São Paulo, para o Comando de Policiamento de Choque da Polícia Militar, no centro da capital paulista, onde há uma cela especial para autoridades.

A decisão foi tomada pela juíza Caroline Figueiredo, substituta de Marcelo Bretas na 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pelas decisões a respeito da custódia do ex-presidente.

“Defiro o pedido do delegado regional executivo e determino a transferência de Michel Miguel Elias Temer Lulia para o Comando de Policiamento de Choque da Polícia Militar do Estado de São Paulo, onde deverá cumprir a prisão preventiva em sala de Estado-maior”, afirma a juíza no despacho.

Temer está desde quinta numa sala improvisada na Superintendência da PF na Lapa de Baixo (zona oeste) e tinha requisitado a mudança desde que se apresentou. O ex-presidente foi preso pela segunda vez ao ter seu habeas corpus revogado um dia antes pelo TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região).

Segundo a Procuradoria, Temer é suspeito de chefiar uma quadrilha criminosa que, por 40 anos, recebeu vantagens indevidas por meio de contratos envolvendo estatais e órgãos públicos. Ele nega.

Com informações da Folha de Pernambuco

Deixe uma resposta