Jungmann afirma que nova paralisação não passa de boato; grupo de Petrolina deve aderir ao movimento

(Foto: Wilson Dias/Agencia Brasil)

Circulam nas redes sociais a informação de uma possível paralisação dos caminhoneiros no próximo dia 4, a partir da meia noite. No entanto o ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann afirmou que o novo ato não passa de boato. ”Não existe uma articulação para refazer o movimento. Está se tentando criar um clima de ansiedade, de preocupação e divulgando fatos infundados”, disse.

Jungmann também revelou ter conversado com o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen, hoje (1º) e que foi identificada a origem do boato divulgado na quinta-feira (31).

Segundo Jungmann, a Polícia Federal abriu um inquérito para investigar o boato e que “providências estão sendo tomadas”. O ministro, no entanto, não descartou a possibilidade de paralisações menores em alguns estados.

Apesar da fala do ministro de Segurança Pública, o Blog Waldiney Passos apurou nessa sexta-feira (1º) que um grupo de caminhoneiros em Petrolina já está confirmando com as lideranças a participação na manifestação.

O grupo relatou que os profissionais estão se mobilizando em todo país e que a nova paralisação será mais firme, sem prazo para terminar. Eles também aconselharam a comunidade petrolinense a estocar alimentos, a fim de evitar transtornos.

Deixe uma resposta