Justiça acata pedido da defesa e cede habeas corpus a vereador de Senhor do Bonfim

Vereador Moge está detido no Batalhão da PM de Bonfim (Foto: Ascom)

O vereador de Senhor do Bonfim, Hermógenes Almeida, o Moge (PT) deve deixar a prisão a qualquer momento. Ontem (10) a Justiça da Bahia aceitou o pedido da defesa e concedeu habeas corpus ao edil que responde pelo crime de estelionato em liberdade.

LEIA TAMBÉM:

Vereador de Senhor do Bonfim cometeu “crimes graves”, de acordo com TJBA

Senhor do Bonfim: vereador tem prisão em flagrante convertida em preventiva

Na decisão do desembargador Mario Alberto Simões, a prisão do edil “é totalmente desnecessária”. Moge foi preso na segunda-feira (6), em flagrante em um cartório mantido por ele ilegalmente no distrito de Carrapichel. Mas no entendimento do desembargador Simões “o paciente é tecnicamente primário, reside no distrito da culpa”.

Dessa forma foi concedido a ele o direito de responder pelos crimes dos quais é acusado em liberdade. Porém o próprio desembargador determinou que Moge não tenha contato com as testemunhas do processo e nem deixe Bonfim.

Até a finalização dessa matéria nossa produção apurou que Moge continuava preso no 6º Batalhão da Polícia Militar da cidade. O habeas corpus foi concedido na manhã de ontem e segundo a imprensa local, o motivo da não liberação do vereador foi porque a Justiça de Bonfim decidiu mantê-lo preso por outro crime.

(Com informações de Bonfim Notícias).

Deixe uma resposta