Justiça eleitoral prorroga prazo para biometria em Pernambuco

Urna eleitoral 2014

Após muitas críticas sobre o trabalho do cadastro biométrico em algumas cidades pernambucanas, a exemplo de Petrolina, a Justiça Eleitoral resolve estender o prazo para os eleitores retardatários que devido ao cotidiano corrido dos afazeres profissionais e pessoais, não conseguiram se cadastrar. O prazo, que se encerra no dia 31 de março para regularizar a situação do título eleitoral, será prolongado até 4 de maio.

Para esclarecer o assunto de forma concisa e sem penalizar a sociedade, na próxima segunda-feira (28), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Antônio Carlos Alves da Silva concederá uma coletiva à imprensa no Recife.

Até 2020, a Justiça Eleitoral quer implantar o sistema biométrico no processo eleitoral brasileiro para garantir a segurança nas eleições. Em janeiro, em Pernambuco, eram 36 cidades para implantar o sistema nos pleitos de 2016, e 27 estavam em alerta devido ao baixo número de eleitores que já haviam realizado o cadastramento das digitais. Em março, o número de cidades diminuiu para 22.

O presidente do TRE-PE, ressalta que aqueles que tiverem seu título cancelado vai ter mais uma chance para regularizar a situação durante todo o mês de abril.

Com o término do prazo para coleta biométrica agendado para 31 de março, o tribunal quer chamar a atenção dos moradores das cidades de Olinda, Amaraji, Bezerros, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Camocim de São Félix, Glória de Goitá, Jatobá, Jucati, Jupi, Lajedo, Limoeiro, Nazaré da Mata, Paranatama, Passira, Paulista, Petrolina, Santa Cruz, Santa Maria do Cambucá, Tacaratu e Vitória de Santo Antão.

O agendamento biométrico deve ser realizado através do site (www.tre-pe.jus.br) para evitar filas longas e tumultos. Os eleitores que tirarão a primeira via do título de eleitor têm até o dia 4 maio.

Para realizar o recadastramento, o eleitor precisa levar um documento que comprove a residência no município em que será feita a coleta biométrica. Quem não realizar o recadastramento a tempo poderá ter restrições no CPF, perder benefícios de programas sociais como o Bolsa Família, deixar de fazer matrículas em instituições de ensino, obter passaporte e assumir cargos públicos. Para o agendamento do recadastramento biométrico o link é: http://www.tre-pe.jus.br/eleitor/recadastramento-biometrico.

A nossa reportagem tentou fazer o agendamento online na página do TRE/PE, na manhã desta quinta, (24), porém não conseguiu tal intento.

Deixe uma resposta