Leitor chama atenção para terreno que serve como depósito de lixo no Gercino Coelho

Não contentes com lixo depositado no local, moradores estão incendiando material acumulado

Uma cena é comum em Petrolina: terrenos utilizados como depósito de lixo, acumulando desde resto de podas até vasos sanitários. E não bastasse a comunidade dar esse mau exemplo, alguns moradores ainda incendeiam o lixo para tentar diminuir o acúmulo de lixo.

É isso que vem acontecendo no bairro Gercino Coelho, em um terreno particular localizado entre a Rua Raposo Tavares e Maurício de Nassau. Um morador entrou em contato através do nosso WhatsApp pedindo ajuda. “Tem um homem, sem compromisso com a vizinhança, ateia fogo e compromete o descanso e bem estar dos moradores. São inúmeras crianças e idosos com problemas respiratórios, a cada semana que isto ocorre”, disse.

Outro lado

Em nota, a secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) informou que o terreno em questão é particular. Uma equipe de fiscalização irá até o bairro tentar identificá-lo e notificá-lo, para que faça a limpeza e construa um muro no local.

Confira a resposta da Prefeitura de Petrolina:

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedurbh) informa que o terreno baldio em questão está localizado em uma área particular. Uma equipe de fiscalização será enviada até o bairro Gercino Coelho, a fim de identificar o terreno baldio, e notificar o proprietário, com prazo de 15 dias para a limpeza do imóvel, e de 60 dias para a construção de muro nos limites do espaço.

Caso não o faça no prazo estabelecido, o proprietário pode ser multado. Os valores que variam de R$ 600 a R$ 1300. A Sedurbh ainda orienta a população é formalizar a denúncia junto à Ouvidoria Municipal através do 156 ou presencialmente na sede da prefeitura de segunda à sexta-feira, sempre pela manhã.

Um Comentário

  • Carlos Amorim

    11 de maio de 2019 at 12:37

    isso não é culpa da prefeitura, porque vejo Constantimente a prefeitura limpando terrenos baldios na cidade, más os próprios moradores são os verdadeiros culpados por tal situação. são inresponsaveis, mesmo com a coleta seletiva que passa regularmente em nossa cidade, as pessoas costumam jogar lixo, entulhos em terrenos baldios, e assim não adianta nada a prefeitura limpar tais espaços, pois o povo voltam sempre a sujar de novo.

    Responder

Deixe uma resposta