Lucas Ramos destaca alternativa para geração de energia solar em Petrolina

Lucas na tribuna

O parlamentar comemorou a notícia, que considerou sinal de avanço no desenvolvimento de tecnologias para a geração de energia limpa na região. / Foto: Alepe

Anúncio da construção, em Petrolina (PE), Sertão do São Francisco, de usina que deve produzir energia elétrica a partir do calor do sol mereceu elogios do deputado Lucas Ramos (PSB), durante a Reunião Plenária desta segunda (10). Primeiro do tipo no Brasil, o projeto piloto deve custar R$ 45 milhões e será conduzido pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), em conjunto com a Universidade Federal do Ceará (UFC) e a instituição de pesquisa alemã Solar-Institut Jülich(SIJ).

O parlamentar comemorou a notícia, que considerou sinal de avanço no desenvolvimento de tecnologias para a geração de energia limpa na região. Vice-líder do Governo, Ramos parabenizou a gestão estadual pelo incentivo à instalação de alternativas para produção de eletricidade a partir de fontes renováveis em Pernambuco. “Um empreendimento desse tipo consolida conquistas do nosso Estado, e muito nos alegra que Petrolina esteja à frente nesse campo”, assinalou.

O sistema, tecnicamente conhecido como heliotérmico, funciona com espelhos que refletem a luz do sol para uma torre, onde o calor é armazenado e transformado em energia elétrica. Regiões com alta incidência de luz solar, como o Semiárido nordestino, têm alto potencial de geração. A usina de Petrolina deverá produzir até 300 quilowatts (kW), quantidade suficiente para abastecer 600 residências de baixo consumo. A energia gerada será utilizada na Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia.

Deixe uma resposta