Lúcia Mota apela a MPPE e Polícia Federal para ajudarem na elucidação do assassinato de Beatriz

Lúcia Mota 02

Foto: Waldiney Passos

Na manifestação pela paz realizada na noite desta quinta-feira (11), na Praça Maria Auxiliadora, a mãe da menina Beatriz, Lúcia Mota (Lucinha), apelou ainda ao Ministério Público Estadual para que se pronuncie sobre o caso.

“Não entendemos a sua distância do caso, o que significa que algo grave está pondo em risco toda a população de Petrolina e Juazeiro, gerando pânico na sociedade, isso justifica a presença ativa do Ministério Público. Queremos saber dos promotores quem está acompanhando o caso e que colaboração têm dado para que o crime seja desvendado? até agora não temos um pronunciamento sequer, então os promotores da Infância e da Juventude de Petrolina onde estão? Quais as ações estão sendo desenvolvidas para proteger as nossas crianças?”, questionou Lúcia.

Polícia Federal

Lúcia Mota pediu também a ajuda da Polícia Federal no caso já que a mesma dispõe de um aparato técnico de qualidade e informações que podem identificar motivações e com isso chegar aos responsáveis pelo crime.

“Esperamos que a Polícia Federal também ajude, pois é possível que a depender da motivação o problema não seja somente de Petrolina e Juazeiro não”, alertou.

Deixe uma resposta