Lula e filho são indiciados por lavagem de dinheiro e tráfico de influência

Presidente está preso desde abril do ano passado.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho, Luís Cláudio, foram indiciados pela Polícia Federal (PF) por supostos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de influência. De acordo com a PF, uma empresa de Luís Cláudio teria recebido R$ 10 milhões em alguns anos “apesar de seu capital social de R$ 1 mil”.

A juíza da 4ª Vara Criminal de São Paulo, Bárbara de Lima Issepi, remeteu o caso para uma das varas especializadas em lavagem de dinheiro. A investigação tem origem na delação de executivos ligados à Odebrecht.

Eles afirmam que Lula teria mantido contato com a empreiteira para beneficiá-la no governo Dilma Rousseff, e, “como contrapartida, a empresa caria responsável por financiar projetos pessoais de seu filho, Luís Cláudio”.

Defesa

Em nota, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula, armou que “o relatório produzido pela autoridade policial não tem qualquer implicação processual e muito menos afasta a garantia constitucional da presunção de inocência em favor do ex-Presidente Lula e de seu filho Luís Claudio.

Com informações do JCOnline

Deixe uma resposta