Maia determina prisão de invasores do Plenário da Câmara Federal

manifestantes-camara-federal

Manifestantes invadem Plenário e sessão é suspensa

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse há pouco que não aceitou negociar com os invasores do Plenário, que chamou de baderneiros irresponsáveis. Ele afirmou ainda que determinou à Polícia Legislativa que buscasse o apoio da Polícia Federal para prender todos eles.

“A ordem que eu dei ao diretor do Depol [Departamento de Polícia Legislativa] é que todos saiam daqui presos e que sejam levados, com o apoio da Polícia Federal”, disse Maia. Segundo ele, os manifestantes serão indiciados por crimes contra o patrimônio público.

Maia afirmou que não aceitaria esse tipo de abuso e agressão ao Parlamento. “Não há negociação. Eu fui procurado para fazer uma negociação. Falei que negociação a gente faz antes de os baderneiros quebrarem o Plenário da Câmara dos Deputados. A partir deste momento, não há o que negociar. Há que se cumprir a lei.”

Deixe uma resposta