Mais uma edição do Casamento Comunitário será realizada em Petrolina

As inscrições estarão encerradas a partir do preenchimento total das vagas e todo processo é gratuito/Foto:reprodução internet

As inscrições estarão encerradas a partir do preenchimento total das vagas e todo processo é gratuito/Foto:reprodução internet

A partir da próxima quarta-feira (08), a secretaria Executiva da Mulher abre as inscrições para a V Edição do Casamento Comunitário. A data do evento ainda será definida.  Estão sendo disponibilizadas cem vagas para casais hétero e homossexuais que pretendem oficializar a sua união.

As inscrições serão realizadas no CRAM – Centro de Referência de Atendimento à Mulher, na Av. Projetada, s/n, Vila Mocó (ao lado do SESI), das 9h às 14h. Vale ressaltar que as inscrições estarão encerradas a partir do preenchimento total das vagas e todo processo é gratuito.

“Ano passado foi maravilhoso ver casais se unindo em matrimonio realizado por nossa gestão. O nosso compromisso com a cidadania e bem estar das pessoas é o combustível que tem nos alimentado nesses quase oito anos de mandato. E posso dizer que estamos empolgados para entregar mais obras para o povo petrolinense”, disse Julio Lossio, prefeito de Petrolina.

Para realizar este sonho, os casais devem obedecer aos seguintes requisitos: levar as certidões de nascimento; comprovantes de residência recente no nome dos pais ou pessoais ou cópia de contrato do aluguel do imóvel; RG e CPF das duas testemunhas; se algum dos noivos for divorciado judicialmente, deverá levar a certidão de divórcio; caso algum dos interessados tenha idade menor que 18 anos, os pais deverão assinar e levar RG e CPF. Todos os documentos devem ser apresentados com a original e a cópia.

Os casais devem ficar atentos aos seguintes lembretes: a secretaria fará um agendamento dos casais para comparecimento ao cartório; no dia da triagem, apenas uma pessoa (noiva ou noivo) precisará levar a documentação do casal e das testemunhas. Somente no dia agendado com o cartório as testemunhas devem ir com o casal; as certidões de nascimento deverão estar legíveis, pois não serão emitidas 2º vias; todos os casais devem residir em Petrolina.

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta