MCMV: Petrolina garante construção de dois conjuntos habitacionais

As obras dos três conjuntos já foram iniciadas e devem ser concluídas em até 36 meses. (Foto: Ilustração)

As obras dos três conjuntos já foram iniciadas e devem ser concluídas em até 36 meses. (Foto: Ilustração)

Foram fechados os primeiros 24 contratos da faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) entre a Caixa Econômica Federal (CEF), o Ministério das Cidades e as construtoras parceiras. Serão construídas 2.674 unidades habitacionais, que beneficiarão mais de 10,6 mil pessoas nos Estados de Alagoas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo.

O investimento total é de R$ 298,4 milhões, dos quais R$ 56,1 milhões serão empregados em três conjuntos habitacionais construídos no Estado, sendo um na cidade de Caruaru, no Agreste, e dois em Petrolina, no Sertão do São Francisco. Em Caruaru, será construído o módulo I do Residencial Jardim Capibaribe, com 192 unidades habitacionais pela Construtora Mult Técnica Engenharia Ltda, no valor total de R$ 22,08 milhões. O empreendimento beneficiará 768 pessoas.

Já em Petrolina, serão implantados o módulo II do Valle dos Coqueiros e o módulo I do Valle das Mangueiras. O primeiro custará R$ 12,8 milhões, com 112 unidades habitacionais, que servirão de moradia para 448 pessoas. Já o módulo I do Valle das Mangueiras terá 186 unidades habitacionais no valor total de R$ 21,3 milhões e beneficiará 744 pessoas. Ambos os conjuntos habitacionais de Petrolina serão construídos pela Construtora Gráfico Empreendimentos. As obras dos três conjuntos já foram iniciadas e devem ser concluídas em até 36 meses.

Deixe uma resposta