Medalha Lucila Angelim entrega premiação na sexta-feira

medalha lucia angelim

Será realizado nesta sexta (22) a 14ª edição da Medalha Lucila Angelim, onde serão anunciados os vencedores do ano de 2016. Todos podem assistir à premiação que integra a programação dos 152 anos de emancipação política do município. O evento inicia às 19h, na Casa da Cultura, em Salgueiro, Sertão de Pernambuco. 

O objetivo principal da iniciativa é agraciar mulheres, estudantes e instituições que tenham trabalhos voltados para a defesa das causas femininas e que tenham sido indicadas pela sociedade.

O prefeito Marcones Libório de Sá explicou que a Medalha foi instituída por lei e, como patrona foi escolhida a professora Lucila Angelim, em função de sua vida dedicada à educação e por ter sido a primeira mulher eleita vereadora em Salgueiro. “O que prescinde a medalha é a luta pelo respeito à política de gênero, principalmente, o combate à violência contra a mulher, além de valorizar as pessoas que contribuíram e contribuem para a defesa dos direitos e da afirmação da mulher na sociedade. Terminamos fazendo a Medalha dentro das comemorações dos 152 anos para reforçar essa luta”, disse.

Além das indicações de pessoas físicas e jurídicas, as crianças e os adolescentes da rede pública de ensino ou de entidades sócio-educacionais e os jovens de sete a 17 anos, também, participam do prêmio com uma produção dissertativa ou poesia, de acordo com uma lista de temas pré-estabelecidos pela organização, entre os quais estão “Violência doméstica e sexista”, “Inserção das mulheres nos espaços de poder”, “Sexualidade e gravidez na adolescência” e “O protagonismo da mulher idosa na sociedade”. Já as crianças dos seis aos dez anos, além do texto, participam com desenhos.

A outra categoria contempla a apresentação de um projeto elaborado por pessoas físicas ou jurídicas, constando tema, introdução, objetivos, resultados esperados, metodologia, referencial teórico, cronograma, planilhas de recursos e bibliografia, sempre abordando a promoção e emancipação do sexo feminino.

Deixe uma resposta