Médicos da UPAE e HDM lembram cuidados em caso de queimaduras na noite de São João

(Foto: Reprodução/ Internet)

Nesse período junino, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada e o Hospital Dom Malan, ambos geridos pelo IMIP em Petrolina, lembram os principais cuidados com relação às queimaduras:

1 – O primeiro passo é esfriar o local queimado, através da exposição do ferimento em água fria corrente por 10 minutos. Não coloque gelo na lesão, pois ele pode queimar ainda mais a pele.

2 – A limpeza deve ser feita apenas com sabão neutro enquanto a água corrente (fria) resfria a queimadura. Caso algum material esteja aderido sobre a queimadura, como roupa ou plásticos, não force sua retirada. Nesse caso, apenas um médico deve resolver o problema.

3 – A lesão deve ser envolvida com gazes ou compressas úmidas. Não use algodão, pois o mesmo pode aderir na pele.

4 – Se houver bolhas e peles penduradas na queimadura, não as estoure ou as arranque. Deixe-as sumir naturalmente ou então solicite a intervenção de um médico para retirar a área morta.

5 – Não aplique nenhum produto caseiro e popularmente conhecido por aliviar as queimaduras, como óleos, manteiga, pasta de dente ou café. Também não use nenhum produto específico para queimadura sem orientação de um profissional de saúde.

6 – Se a dor estiver incomodando ou a queimadura for grande e severa procure um serviço de saúde.

7 – Caso camadas mais profundas da pele fiquem expostas pela queimadura, a vacina contra tétano deve ser tomada pelo paciente para evitar complicações mais graves.

Os atendimentos às pessoas que sofreram queimaduras nas emergências chegam a dobrar nessa época por conta da imprudência no uso de materiais inflamáveis e explosivos como os fogos de artifício, além das brincadeiras perto das chamas das fogueiras. Portanto, todo cuidado é pouco!

Deixe uma resposta