Mendonça Filho e Bezerra Coelho reaparecem juntos em Petrolina, nesta sexta

Após um hiato de eventos em conjunto, dois dos principais nomes da oposição ao PSB, o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), e o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) estarão juntos em Petrolina. Nesta sexta os dois seguem juntos para a cidade de Santa Maria da Boa Vista, Sertão, onde participam às 10 horas da inauguração do Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Nos bastidores, havia especulação sobre um afastamento entre Mendonça com Bezerra Coelho, que depois de sinalizar que poderia trocar o PSB pelo DEM se filiou ao PMDB. Mendonça não foi ao ato de filiação.

Será a primeira agenda pública dos dois desde o dia 28, quando pela primeira vez toda a oposição ao PSB dividiu o palanque em Caruaru – Mendonça, a família Coelho, de Petrolina, a família Lyra, de Caruaru, o senador Armando Monteiro (PTB) e o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB).

Em 5 de setembro, Bezerra Coelho confirmou a saída do PSB para o PMDB, após meses sinalizando o possível ingresso no DEM de Mendonça Filho e do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia – que ficou irritado com a investida do presidente Michel Temer para levar a família Coelho para a sigla peemedebista. Maia chegou a participar de diversos atos públicos com a família Coelho em Petrolina, incluindo o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, que formalmente ainda está no PSB.

Ontem, Mendonça e Bezerra Coelho viajaram no mesmo avião para Petrolina. Ou seja: não vai faltou tempo para conversar.

Deixe uma resposta