Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Mendonça Filho visita Sertão para montar pauta positiva na educação

(Foto: Divulgação)

O ministro da Educação, Mendonça Filho, esteve visitando o Sertão de Pernambuco na sexta-feira (16). O político participou de solenidades nos municípios de Cabrobó e Salgueiro, na busca por montar uma pauta positiva na educação.

A primeira parada de Mendonça Filho foi em Cabrobó, onde participou da inauguração da Escola Municipal Maria Araújo de Oliveira, construída na zona rural. Na cidade, o ministro também assinou o credenciamento simbólico da Faculdade do Sertão São Francisco (Fasf), que será a primeira instituição de ensino superior da cidade.

Inicialmente, a Fasf vai ofertar os cursos de graduação de serviço social e licenciatura em educação física e pedagogia, com 100 vagas anuais para cada, no período noturno. A instituição funcionará numa área física de 5 mil m², com 22 salas de aula, cantina, pátio, biblioteca e pela manhã no prédio funcionará o Colégio Espaço Livre.

Visita a Salgueiro

Pela tarde Mendonça Filho visitou Salgueiro para fazer a doação do terreno onde será instalado o novo campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O campus será o primeiro na região Sertão Central e custará R$ 12 milhões.

“O sertão central é uma área que, infelizmente, ainda tem um desnível do ponto de vista econômico, com uma distância da capital e de Petrolina muito grande. Então, quando a Univasf vem, a gente cria melhores e maiores condições para que sejam geradas mais oportunidade de trabalho” afirmou o ministro.

O terreno doado pelo município de Salgueiro fica localizado no Pátio da Estação Ferroviária e conta com uma área de 148.397 metros quadrados, onde serão construídos prédios com salas de aula e laboratórios, totalizando cerca de 3.100 metros quadrados de área construída.

Inicialmente, a unidade irá ofertar os cursos de ciências da computação e engenharia de produção.
Enquanto as obras de construção do campus são executadas, a unidade irá funcionar em um local provisório, que ainda está sob análise

Deixe uma resposta