Mercado do Produtor de Juazeiro continua sem abastecimento

A maior Central de Abastecimento do Norte/Nordeste e a quinta maior do país em volume, continua recebendo pouca mercadoria. O Mercado do Produtor de Juazeiro recebe cerca de 250 caminhões por dia, mas com a greve dos caminhoneiros, os estacionamentos de carga e descarga estão vazios, como mostram fotos (acima) feitas pelo blog na manhã desta terça-feira (29).

Os poucos produtos que chegam, são trazidos pelos próprios produtores rurais que ainda tem combustível. Um produtor de manga que conversou com nossa equipe, disse que está com 750 caixas de manga para serem doadas porque o produto não tem mais condições de viajar. Se não aparecer alguém para buscar, ele vai jogar tudo fora.

Por causa do pouco movimento, a Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA) informou que ficou impossibilitada de realizar a cotação diária dos preços dos produtos comercializados no Mercado.

A cotação de preços ficará temporariamente suspensa até que a comercialização esteja normalizada. Não há como levantar preços para a elaboração da tabela de preços desde a última quinta-feira (24).

Deixe uma resposta