Merendeiras da Rede Municipal de Petrolina aprendem sobre boas práticas na cozinha em formação

(Foto: ASCOM)

Na última semana, 121 merendeiras, que fazem parte do programa ‘Crescer Saudável’, nas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) da Rede Municipal de Petrolina, receberam formação.

O curso, realizado na Escola Nossa Senhora Rainha dos Anjos (antigo CAIC), teve como objetivo levar conhecimentos técnicos às profissionais da área de alimentação, visando garantir, ainda mais, qualidade no preparo da merenda escolar e do uso dos produtos das hortas, implantadas pelo programa nas unidades.

Durante o curso, as participantes receberam orientações sobre técnicas de preparo de alimentos, questões higiênicas e sanitárias, melhorando o desempenho no ambiente de trabalho e minimizando os riscos de contaminação dos produtos para garantir aos alunos uma alimentação balanceada e segura.

No treinamento prático, as merendeiras vestiram touca, aventais, luvas e prepararam uma refeição (suco de casca de abacaxi com couve, salpicão de frango com casca de melancia e iogurte).

Segundo a nutricionista Izabel Caroline, o curso tem grande importância para o desempenho profissional de cada uma das participantes não só pelo incentivo, mas pela formação, através do contato direto, tirando duvidas e orientando os cuidados com a manipulação segura dos alimentos.

Para Michelle Barbosa, também nutricionista do programa, o projeto é de extrema importância, pois auxilia na mudança de hábitos alimentares das crianças, pais e de toda sociedade. “Essa formação não serve apenas para o ambiente das escolas, mas para o dia a dia delas em casa”, frisa.

Sérgio Ferreira, auxiliar de cozinha, avaliou de forma positiva o encontro. “O curso tem muito valor, tanto para nós, que estamos aprendendo técnicas novas sobre como preparar um alimento mais natural e saudável, quanto para os alunos que irão consumir uma refeição com mais qualidade e preparada com todo cuidado e higiene, como deve ser”, pontuou.

De acordo com a secretária de Educação, Maéve Melo, a formação visa colaborar com a qualificação dos profissionais na elaboração de refeições saudáveis, além de ser uma forma de conscientizar as merendeiras escolares de sua importância para o Sistema de Educação.

O programa ‘Crescer Saudável’ é uma iniciativa da Fundação Monsanto, em parceria com o INMED, e já está beneficiando mais de 58.000 pessoas em Petrolina, incluindo 33.000 crianças, com idades entre seis meses a cinco anos de idade em todas as unidades escolares com a modalidade de Educação Infantil.

Deixe uma resposta