Miguel Coelho decide prolongar decretos de quarentena em Petrolina e quer estabelecer situação de calamidade pública

(Foto: Jonas Santos/PMP)

Durante entrevista coletiva realizada ao meio dia desta quinta-feira (26), via redes sociais, o prefeito Miguel Coelho anunciou que todos os decretos já publicados pela Prefeitura de Petrolina para suspender aglomerações com mais de 10 pessoas terão prazo estendido. Miguel ainda acrescentou que enviou à Assembleia Legislativa um decreto para instaurar situação de calamidade pública na cidade sertaneja.

Segundo o prefeito, todas as restrições impostas pelo município terão renovação oficial na próxima terça (31), pois este era o prazo limite de boa parte das medidas de suspensão dos serviços. A proposta é publicar o novo decreto renovando a quarentena em Petrolina por um novo período determinado.

“Não dá para subestimar esse vírus, temos que prezar pela vida. É um cenário muito dinâmico e os casos de doenças respiratórias graves, inclusive, Covid-19 estão crescendo em nossa cidade. Sei que isso é um remédio amargo, mas a preservação de vidas está em primeiro lugar”, reforçou o prefeito.

Petrolina tem dois casos confirmados de Coronavírus e quatro de outras síndromes respiratórias agudas graves como Influenza A e H1N1. Um dos pacientes com síndrome respiratória foi encaminhado à UTI montada pela Prefeitura de Petrolina e o Hospital Universitário para investigação e tratamento, não havendo, portanto, diagnóstico fechado sobre este caso.

Deixe uma resposta