Ministro quer desoneração de insumos na nova política industrial

Ministro Armando Monteiro

Na Abertura do 20º Encontro Anual da Indústria Química (ENAIQ 2015), em São Paulo, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro (PTB/PE), destacou a importância da desoneração de insumos como forma de ampliar a competitividade da indústria brasileira.

Monteiro acredita que qualquer política industrial de caráter mais estruturante tem que levar em conta a necessidade de promover uma desoneração naquilo que forma os preços básicos do setor industrial, ou seja, os insumos, que formam na base, a competitividade da economia brasileira.

Para o ministro a volta do crescimento da economia brasileira passa, invariavelmente, pelo fortalecimento do setor industrial. “Qualquer que seja o caminho, ele não prescinde de uma indústria forte. Crescer pela indústria é sempre a melhor forma de crescer. Não há um país importante que não tenha uma indústria forte”, avaliou.

Armando argumentou ainda que as expectativas da indústria em um ambiente de dólar mais valorizado em relação ao real são positivas. Segundo ele, o realinhamento cambial, por si só, não é suficiente para garantir a competitividade da indústria no médio e longo prazo.

Deixe uma resposta