Moradora expõe deficiências do Residencial Nova Vida 1 em Petrolina

Insatisfeita, indignada e revoltada com a situação do Residencial Nova Vida 1, bairro João de Deus, Petrolina-PE, a moradora da rua do Algodão da Praia, Suely Alves de Araújo, denunciou que a área reservada para construção de uma creche e uma escola está servindo de ponto de comercialização de drogas e que os moradores não suportam o calor devido aos telhados de zinco, bem como o grande número de baratas que ficam entre o telhado e o forro de isopor.

Confira o vídeo:

Um Comentário

  • Keilane feitosa

    14 de outubro de 2016 at 16:53

    As cerâmicas que foram colocadas ano passado do residencial nova vida 1 estão todas soltando uma por uma,e não é só na minha causa não em várias.queremos saber das autoridades o que vão fazer com esse serviço mal feito.

    Responder

Deixe uma resposta