Motorista de caminhão apresentava sinais de quem ingeriu arrebite, afirma Inspetor da PRF 

Um caminhão em fuga provocou uma sequência cinematográfica em Petrolina na noite de domingo (9) e segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Paulo Lima, o condutor apresentava sinais de que havia ingerido arrebite, anfetamina utilizada por muitos caminhoneiros.

De acordo com Paulo Lima, o condutor identificado como Francinaldo tem 30 anos e vinha do Pará sentido Bahia com seu irmão. Ao pararem em Picos (PI), ele tomou a direção do veículo e se envolveu no acidente próximo a Havan, na Avenida Honorato Viana, sendo parado na Ponte Presidente Dutra.

LEIA TAMBÉM:

Polícia persegue caminhão envolvido em acidente e prende homem na ponte Presidente Dutra

“O perfil apresentado por ele ontem é de condutor que faz uso de rebite, comumente utilizado por caminhoneiros pra poder ficar acordado e se utilizado de maneira irresponsável, pode causar uma verdadeira loucura que foi o que a gente identificou nele”, disse o inspetor da PRF ao programa Super Manhã com Waldiney Passos.

Segundo Paulo Lima, foi necessário apoio da Polícia Militar, inclusive com policiais a paisana. Francinaldo colidiu com cinco automóveis entre a Avenida Honorato Viana e a Ponte, mas não houve feridos. Apesar da gravidade do fato, Francinaldo não ficará preso.

“É um crime de menor potencial, tem pena máxima de até dois anos e ele se comprometendo [a comparecer à Justiça] não fica preso”, finalizou o inspetor.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com as Polícias Civil e Militar, no sentido de apurar a informação de troca de tiros relatada por testemunhas e sobre a situação do condutor, que foi submetido a exame de corpo de delito na Delegacia de Plantão. Entretanto, não tivemos retorno até o encerramento dessa matéria.

Deixe uma resposta