MPPE notifica administração pública e comerciantes por preços excessivos de itens procurados durante pandemia do covid-19

Municípios já foram notificados sobre preços abusivos (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) está atento ao comércio de álcool em gel e demais itens de proteção individual durante a pandemia do novo coronavírus. O órgão tem emitido recomendações a diversos municípios, entre eles, Trindade no Sertão, para que os comerciantes não imponham preços excessivos.

Já foram notificados os comércios e administrações públicas de Belo Jardim, Gravatá, Garanhuns, São Bento do Una, São Joaquim do Monte, Itaquitinga, Jurema, além de Trindade. A prática, alerta do MPPE, se configura como crime.

“Os aumentos arbitrários ocorrem, principalmente, sobre o álcool em gel, máscaras cirúrgicas, máscaras elásticas descartáveis e luvas. Caso os comerciantes já tenham elevado arbitrariamente os preços, o MPPE alerta para que retornem imediatamente aos valores anteriores“, salientou o órgão.

Deixe uma resposta