Mulher com bebê morto na barriga, passa a noite em um banco de madeira no HDM à espera de atendimento

Luciene Almeira Pereira

Luciene guarda atendimento em um banco na unidade

Mais um descaso no Hospital Dom Malan/ Imip em petrolina no Sertão de Pernambuco. O líder comunitário Francivaldo Rodrigues, denuncia o caso de uma jovem gestante de oito meses que está sem atendimento na unidade hospitalar.

Segundo o líder comunitário, que foi procurado pela família da jovem, Luciene Almeira Pereira, 21  anos, constatou que o bebê está morto em seu ventre há dois dias através de ultrassonografia.  Ela aguarda atendimento na unidade hospitalar, mas até o momento, não foi atendida. A moça está com muitas dores e afirma que passou a noite em um banco de madeira no corredor do hospital.

De acordo informações, o hospital de referência não teria vaga. A redação do blog Waldiney Passos tentou entrar em contato via telefone com a assessoria do HDM e não obteve êxito, enviamos solicitação de nota e aguardamos o pronunciamento da unidade sobre o caso.

 

Deixe uma resposta