Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

“Não haverá tombamento e nem construção de shopping popular nas imediações do Palácio Diocesano”, diz novo Bispo de Petrolina durante coletiva

Acompanhado do Colegiado de Consultores da Diocese e de outros sacerdotes, o novo Bispo de Petrolina, Dom Francisco Canindé Palhano, recebeu a imprensa na manhã desta segunda-feira (05), para sua primeira entrevista coletiva, depois da posse, realizada no último sábado (03).

Dentre os assuntos abordados pelos jornalistas, foi perguntado sobre a polêmica que a Diocese se envolveu em 2017, em relação ao processo de tombamento do Palácio Episcopal e a construção de um shopping popular no terreno em torno desse Prédio da Igreja católica.

Como o senhor vai tratar essa questão da construção de um shopping popular no entorno do Palácio Episcopal”, perguntou um jornalista.

O Bispo foi enfático: “não haverá tombamento e não haverá construção”.

Dom Francisco frisou que, inicialmente, é sempre bom ter presente que todos os projetos têm uma dimensão humana, mas as vezes, essa dimensão humana ultrapassa até os nossos limites.

O Bispo informou, que já conversou sobre o assunto com o padre Malan que era o administrador diocesano, com o Colegiado de Consultores e com os empresários que o procuraram. Para ele, a igreja precisa encontrar caminhos de manutenção, mas o seu episcopado também deseja preservar a história.

Há uma história construída há quase 95 anos e a igreja precisa preservar a sua história. E este ambiente, esse espaço a partir da escritura que existe, é um espaço onde a igreja quer preservar como o palácio do Bispo. Não é meu, não é de ninguém, porque existe desde Dom Malan, que foi quem teve a grande inspiração. Nós apenas somos servos inúteis, como diz o evangelho. Fizemos aquilo que devemos fazer. Então, o Bispo já falou as instâncias necessárias, que não haverá tombamento e nem haverá construção”, enfatizou Dom Francisco Canindé Palhano.

O Bispo falou ainda de Campanha da Fraternidade, possíveis mudanças de padres entre as paróquias e uma possível renovação dos membros do Colegiado de Consultores.

Dom Francisco, aproveitou para agradecer a todos que se empenharam para a realização de sua acolhida na Diocese.

Deixe uma resposta