No próximo sábado a Diocese de Juazeiro realiza encerramento do Ano Santo da Misericórdia e 10ª Caminhada da Paz

ano-santo

A Diocese de Juazeiro realiza neste sábado (19), o encerramento do Ano da Misericórdia, instituído pelo Papa Francisco em 2015 e lançado oficialmente pela Diocese no dia 13 de dezembro do ano passado.

“Esse Jubileu nos leva a sermos uma igreja atenta as feridas, dores e sofrimentos do próximo. Temos também a passagem pela Porta da Misericórdia, que significa passar para uma nova vida”, ressaltou Dom Beto.

O Jubileu Extraordinário da Misericórdia ou “Ano Santo da Misericórdia”, para a Igreja significa o chamado dos fiéis neste tempo de grandes mudanças épocas, a oferecer mais vigorosamente os sinais da presença e proximidade de Deus e o amor ao próximo se curvando, sentindo compaixão do outro. “Este não é o tempo para nos deixarmos distrair, mas para o contrário: permanecermos vigilantes e despertarmos em nós a capacidade de fixar o essencial. Cristo é o rosto da misericórdia do Pai e não nos deixemos cair na indiferença que humilha”, disse o Papa Francisco.

A Diocese juazeirense efetivou à abertura da Porta Santa da Misericórdia no Santuário Popular do Sagrado Coração de Jesus da gruta de Patamuté, Paróquia do Bom Jesus da Boa Morte e São Benedito, no município de Curaçá (BA), local de peregrinações desde 1902. A celebração de abertura aconteceu no dia 31 de outubro.

O Encerramento do Ano Jubilar e 10ª Caminhada da Paz –  Fechamento a porta santa no sábado,  dia 19, acontece a Vigília da Solenidade de Cristo Rei, a partir das 17h na Catedral- Santuário Diocesano com a 10ª Caminhada pela Paz, que já é tradição em Juazeiro e o tema construindo juntos: paz com a natureza, em alusão ao meio ambiente e o rio São Francisco, em direção à Praça da Misericórdia, Centro da cidade. No espaço será celebrada uma missa com o Bispo Dom Beto e a participação dos fiéis de todas as paróquias da Diocese.

Ascom

Deixe uma resposta