No Recife, Geraldo Julio promete “fazer mais com menos”, em referência à crise

(Foto: Andrea Rego Barros/PCR)

Ao tomar posse hoje (1º) como prefeito reeleito do Recife, Geraldo Julio (PSB) estabeleceu o lema de “fazer mais com menos”, citando diversas vezes a crise econômica e de arrecadação que o país enfrenta. Ele fez um discurso crítico a um ajuste fiscal que prejudique o combate à desigualdade e investimentos públicos em áreas como educação e saúde.

“O momento é, sim, de buscar equilíbrio nas contas públicas, mas jamais de reduzir os serviços públicos. O caminho para o ajuste fiscal não pode passar pelo aprofundamento das desigualdades, que já são tão absurdas no nosso país. Todos sabem que quem está pagando a conta mais cara da crise são os mais pobres”, afirmou.

“Não vamos admitir o fechamento de creches, escolas, maternidades, hospitais ou a perda de conquistas sociais no Brasil como um caminho para o país sair da crise. Pelo contrário: o governo deve oferecer mais serviços e mais qualidade para a população”, completou.

Geraldo Julio voltou a dizer que as pessoas precisam “voltar a acreditar na política” e prestou homenagem aos politicos Miguel Arraes e Pelópidas Silveira. O prefeito também elogiou seu padrinho político Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e ex-candidato à Presidência da República, que morreu em um acidente aéreo durante a campanha presidencial de 2014.

Fonte Agência Brasil

Deixe uma resposta