Novo quadro infeccioso atinge crianças de até dois anos em Pernambuco

hospital criança

O número de crianças que estão dando entrada nas unidades de saúde do Recife, Olinda, Pesqueira e Arcoverde tem causado preocupação em especialistas.

Há duas semanas cresceu consideravelmente o número de crianças que apresentam quadro de febre, irritabilidade e manchas vermelhas que evoluem para bolhas em todo o corpo. Esses sintomas são incomuns em crianças dessa idade e inspira cuidados. Os médicos do Hospital Universitário Oswaldo Cruz e o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) aguardam diagnóstico definitivo.

Entre as hipóteses levantadas pelos especialistas, está a relação com a dengue, zika e chikungunya, com manifestação diferente. Podendo esta, ser uma nova manifestação de enterovírus, ser causada por bactérias como a estreptococos e estafilacocos ou ainda ser uma associação das arboviroses com outra infecção.

Contudo, os infectologistas afirmam que a investigação não é motivo para pânico, mas chamam atenção para que as mães fiquem atentas e caso a criança apareça com os sintomas citados procurem a unidade de saúde mais próxima.

Deixe uma resposta