Número de casos de microcefalia cresce para 1.236 no Estado

Microcefalia
Pernambuco notificou 1.236 casos de microcefalia em 109 municípios. Desse total, 461 atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a doença, que identifica a malformação em bebês com perímetro cefálico igual ou menor que 32 centímetros. Ao todo, 103 casos foram confirmados com a microcefalia e 87 foram descartados – levando em consideração o resultado dos exames de imagem dos bebês. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pela Secretaria Estadual de Saúde e considera registros de 1º de agosto até 9 de janeiro.
Em 62,7% dos casos que atendem aos parâmetros da OMS, os pacientes são meninas, 98% foram detectados no pós-parto e 1,5% detectados intraútero (feto com microcefalia). Também foram registrados três casos de bebês natimortos, no Recife e em São Lourenço da Mata, e um que veio a óbito logo após o nascimento, em Ipojuca. Todos foram diagnosticados com microcefalia e estão tendo a causa dos óbitos investigadas.
Desde que a notificação de casos de gestantes com exantemas foi tornada obrigatória, no período de 02 de dezembro de 2015 a 09 de janeiro de 2016, 55 municípios notificaram 464 casos de gestantes com esse quadro clínico. Desse total, cinco gestantes apresentam confirmação de microcefalia intraútero.  (Diário de Pernambuco)

Deixe uma resposta