O Tribunal de Contas de Pernambuco está investigando possíveis irregularidades de transição de gestões em 80 das 184 prefeituras do estado

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Devido aos problemas durante a transição de prefeituras do estado, o Tribunal de Contas de Pernambuco está investigando 80 das 184 prefeituras do estado. Alguns municípios enfrentam descontinuidades em serviços de transporte escolar, coleta de lixo e atendimento em unidades de saúde, por exemplo.

De acordo com o presidente do tribunal, Carlos Porto, cerca de 60% dessas denúncias têm relação com a falta de pagamento de servidores.

“O grande problema é o salário de dezembro. Muitos gestores acabaram pagando o 13º, para cumprir os prazos, e deixaram os vencimentos do mês para a atual administração, uma vez que o vencimento ocorre no dia 10”, observou.

Em Petrolina

O prefeito Miguel Coelho, apresentou a imprensa alguns “problemas” deixados pela gestão anterior. A exemplo da regularização da folha de pagamento dos servidores, onde alguns arquivos teriam sido gerados de maneira errada e servidores que não teriam recebido o 13º salário. Além dos débitos com a Compesa e a Celpe, telefone da prefeitura e o Pasep do mês de novembro, com um saldo negativo de 350 mil reais. Durante a coletiva, todos os débitos ainda estavam sendo contabilizados.

Com informações do G1PE

Deixe uma resposta