Odacy Amorim denuncia interrupção de cirurgias cardíacas em hospital de Petrolina

odacy-amorim

ATRASO – Falta de repasse de verbas pelo Governo do Estado provocou suspensão de procedimentos. Foto: João Bita

A suspensão das cirurgias cardíacas no Hospital Memorial de Petrolina por falta de repasses do Governo estadual preocupa o deputado Odacy Amorim (PT), que abordou a questão no Pequeno Expediente desta terça (26). De acordo com ele, a unidade, que é credenciada para esse tipo de procedimento, teria interrompido o serviço em razão de atrasos da ordem de R$ 800 mil que deveriam ter sido feitos pela Secretaria Estadual de Saúde.

“Há cerca de 150 pacientes precisando fazer intervenções, muitos podendo até perder a vida”, relatou o parlamentar. O petista afirmou que o tema será debatido na Comissão de Saúde da Alepe, da qual ele é vice-presidente. O colegiado ainda deverá fazer uma visita para verificar a situação da Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do São Francisco, que reúne 55 municípios dos Estados de Pernambuco e Bahia, em maio deste ano. “Mas desde já faço um apelo ao líder do Governo, Waldemar Borges, para que intervenha junto ao Estado”, acrescentou.

Agropecuária – Amorim também aproveitou para demandar ao Governo do Estado a formação de bancos de proteínas e volumosos (alimentos para o gado) a fim de amenizar os prejuízos do setor agropecuário do Sertão. “Tivemos uma frustração das chuvas neste ano. A maioria das barragens encheu, mas não foi suficiente para garantir a agricultura nem formar o pasto da pecuária”, informou. “Se os produtores não tiverem apoio, não conseguirão salvar o rebanho,” salientou.

Deixe uma resposta