Odacy intensificará defesa da interiorização da Patrulha Maria da Penha em PE

Para Odacy Amorim, não existe desculpa para qualquer tipo de prática de violência contra a mulher/Foto:ALEPE

Para Odacy Amorim, não existe desculpa para qualquer tipo de prática de violência contra a mulher/Foto:ALEPE

Preocupado com as últimas notícias envolvendo a violência contra a mulher, tanto em nível nacional quanto em Pernambuco, quando somente no último final de semana foram registrados seis assassinatos- o deputado estadual Odacy Amorim(PT) afirmou que vai solicitar ao governo do Estado e Poder Judiciário, a interiorização da Patrulha Maria da Penha. A medida é parte das ações de proteção para evitar casos de violência doméstica.

“Os últimos assuntos abordando sobre a questão da violência contra a mulher, quando só neste último final de semana, seis mulheres foram assassinadas em Pernambuco, me faz intensificar ainda mais a defesa de implantação da Patrulha Maria da Penha em cidades polos do estado. É uma coisa importante que vamos defender nesta questão da proteção e prevenção da violência contra a mulher”, assinala Odacy.

O tema será inclusive abordado no programa Debatendo Petrolina com Odacy, série de reuniões que o parlamentar tem realizado em bairros de Petrolina para que a comunidade indique as prioridades que deverão compor o programa de governo do deputado que é pré-candidato a prefeito da cidade.

“Vamos estar nesta quinta no Residencial Brasil,  para que nessa conversa com a população e de bairros próximos, possamos debater e buscar juntos, uma forma de trabalhar a política de proteção à mulher. Temas como a questão da saúde preventiva ao público feminino para combater problemas de saúde que mais acometem mulheres por não ter um atendimento adequado no sistema público, também serão debatidos”, revela o deputado.

Conforme Odacy Amorim, não existe desculpa para qualquer tipo de prática de violência contra a mulher. “A questão é a proteção da vida de mulher, por isso além da Patrulha Maria da Penha, vamos nos empenhar ainda mais na cobrança dos plantões da Delegacia da Mulher em Petrolina”, finaliza o parlamentar.

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta