Operação Cui Bono: Eduardo Cunha escolhe o silêncio durante depoimento em Curitiba

(Foto: Arquivo)

Durante depoimento na Polícia Federal (PF) sobre a ‘Operação Cui Bono’, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha escolheu ficar calado. A operação investiga um esquema de fraudes na Caixa Econômica Federal.

Ele chegou por volta das 10h; o depoimento estava marcado para começar às 11h.  No Distrito Federal ocorrem as investigações que apuram o pagamento de propina em troca da liberação de empréstimos na Caixa Econômica. Além de Cunha, também são investigados o ex-ministro Geddel Vieira Lima e o doleiro Lúcio Funaro.

Com informações do G1

Deixe uma resposta