Órgãos de segurança começam a notificar estabelecimentos que descumprem quarentena em Petrolina

As forças de segurança pública de Petrolina uniram esforços para fazer cumprir os decretos emergenciais que estabelecem medidas de prevenção ao coronavírus. A ‘Operação Impacto Integrado Covid-19’, que começou nesta segunda-feira (11), tem o objetivo de ser educativa, no entanto, se necessário, a fiscalização será rigorosa.

Neste primeiro dia, foram encontrados em funcionamento estabelecimentos considerados não essenciais, como bares e salões de beleza, que foram proibidos de funcionar pelo Governo do Estado. Os proprietários foram notificados e orientados.

A ‘Operação Impacto Integrado Covid-19’ conta com a colaboração do Ministério Público de Pernambuco, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina e Agência Municipal de Vigilância Sanitária.

A aglomeração de pessoas e o uso de espaços públicos que foram fechados, como Orla e quadras poliesportivas, continuam proibidos. A fiscalização vai atuar de forma intensa para orientar os cidadãos. Em casos de desobediência ou desacato, a pessoa pode ser conduzida para delegacia para adoção de medidas legais cabíveis.

Deixe uma resposta