Paciente recebe alta sem realizar cirurgia no Hospital Universitário

MAJOR ENFERMEIROMais um caso de negligência no Hospital Universitário (HU), antigo Traumas, foi denunciado pelos familiares do agricultor, cadeirante, Francisco de Assis da Silva, 69 anos. Após passar vários dias internado ele recebeu alta do HU com pé totalmente infeccionado.

De acordo com a filha do enfermo, Márcia Avelino da Silva, que reside na rua 12, Núcleo 08, projeto Senador Nilo Coelho, o pai foi ao nosocômio com uma inflamação em uma das unhas do pé direto, foi medicado, recebeu alta, mas não foi operado. Retornado para casa o caso agravou, o pé inchou e o senhor Francisco  sequer conseguia dormir com tantas dores.

Procurado pela família, o vereador licenciado Major Enfermeiro (PRTB), criticou o tratamento dado ao paciente e disse ser a favor da reversão do hospital para gestão do município. “Isso é mais um caso e mais motivo de ter um retrocesso voltando o hospital para o município que está só maltratando as pessoas”, indignou-se.

“Evidentemente que agente deu essa oportunidade a Univasf, mas as pessoas passam até 15 dias esperando uma cirurgia ortopédica e isso é um absurdo” reforça o vereador Zenildo Nunes (PSB).

No caso do agricultor Francisco o edil Major Enfermeiro se comprometeu em providenciar outro meio para que ele receba o tratamento necessário ao restabelecimento de sua saúde.

Deixe uma resposta