Retrospectiva 2016: Pais de Beatriz concedem entrevista exclusiva ao nosso Blog

Pais de Beatriz, Sandro e Lucia Mota

Nós não vamos parar de cobrar e denunciar todos aqueles que de maneira direta ou indiretamente estão tentando atrapalhar, ou não estão atuando de fato como deveriam”, afirma Lúcia Mota

Durante a tarde desta terça-feira (14), estivemos com os pais da pequena Beatriz, brutalmente assassinada nas dependências do Colégio Maria Auxiliadora, no dia 10 de dezembro do ano passado, conforme noticiado por todos os veículos de comunicação da região e com repercussão até mesmo fora do país.

Professor Sandro Romilton Ferreira e sua esposa Lúcia Mota, receberam nossa equipe para comentar o avanço nas investigações, principalmente, com o fato da divulgação da existência de um vídeo contendo imagens que podem levar a elucidação do crime.

Visivelmente abatido com a perda da querida filha, o casal questiona as condições irregulares em que a festa de formatura dos alunos do 3º ano foi realizada naquela trágica noite, sem a devida comunicação aos órgãos de segurança do município como Polícia Militar, secretaria de Ordem Pública e Corpo de Bombeiros.

Nos vídeos eles cobram uma atuação mais firme do Ministério Público, descrevem a situação em que a festa foi realizada sem nenhuma segurança e afirmam esperar da direção do colégio uma postura diferente, inclusive, com um pedido de desculpas à sociedade pelo ocorrido.

Lúcia Mota disse que seu maior medo é que os bandidos voltem a agir e que uma tragédia ainda maior possa ocorrer vitimando outras crianças e destruindo a vida de muitas famílias, uma vez que os marginais continuam soltos.

Os trechos do vídeo da entrevista você irá conferir ainda a partir desta noite (14), aguarde.

Deixe uma resposta