Para minar a força de Lula no Nordeste, PMDB aposta em Renata Campos para vaga de vice em corrida presidencial

(Foto: Arquivo)

Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos, foi citada como uma possível vice para concorrer à presidência da República. O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) também é lembrado. A informação foi divulgada pelo Estadão nesta segunda-feira (17).

O objetivo é fortalecer a chapa para a briga contra Lula com um nome do Nordeste. Geraldo Alckmin e João Doria são os prováveis nomes para encabeçar a chapa. “No caso de Renata, o acordo ainda facilitaria uma aliança nacional com o PSB, sonho antigo de Alckmin e que também interessa a Doria”, diz a notícia.

Em conversa com o vereador e líder do PSDB na Câmara do Recife, André Regis, ele afirma que tudo não passa de especulação e, até o momento, nenhum nome foi confirmado.

Deixe uma resposta